conteúdo
Notícias
13/01/2017

Projeto Praia Acessível inicia nesse sábado em Capão da Canoa


Durante os meses de janeiro e fevereiro, programa acontecerá nas sextas-feiras e sábados



Na tarde dessa sexta-feira (13), o Secretário de Cidadania, Trabalho e Ação Comunitária, Luciano Flores, se reuniu com integrantes da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul (FADERS). O tema tratado foi o projeto Praia Acessível, que inicia no sábado (14) às 9h, na beira-mar de Capão da Canoa. O projeto será realizado em todas as sextas-feiras e sábados, durante os meses de janeiro e fevereiro, e contará com a presença de um professor de educação física capacitado.

O projeto Praia Acessível tem como objetivo assegurar às pessoas com deficiência condições de acessibilidade à beira mar, viabilizando a utilização e desfrute do litoral com equidade, dignidade, segurança, conforto e maior autonomia possível por todas as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, através da disponibilização de equipamentos (cadeiras anfíbias) para o banho de mar assistido.

Para a coordenadora do projeto, Cláudia Alfama, o encontro foi produtivo e reforçou o ideal por um governo que realize ações que promovam a igualdade e acessibilidade. “Aproveitamos para assegurar que amanhã, durante a abertura do projeto, será assinada a parceria entre FADERS e Prefeitura de Capão da Canoa”, contou a Coordenadora. 




Créditos: Bernardo Zamperetti/Imprensa PMCC


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO