conteúdo
Notícias
14/06/2017

Prefeito participa de encontro do programa “Aprendiz Legal”


Na reunião, também foi debatido sobre o “Identidade Jovem”



Na manhã de quarta-feira (14), o Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, e a Secretária de Assistência e Inclusão Social, Maria Elisete Machado Germano (Zetinha), participaram de reunião na Câmara Municipal de Osório. Em pauta, estiveram o programa “Aprendiz Legal” e o “Identidade Jovem”. O encontro contou com a presença de integrantes e supervisores do Centro de Integração Empresa – Escola (CIEE-RS), além de prefeitos, secretários e servidores de outros municípios do Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Para o Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, trabalhar políticas públicas para as crianças e adolescentes é pensar no futuro do município. “Com certeza, estamos nos empenhando ao máximo para fazer uma gestão que beneficie essa camada mais nova da nossa sociedade”, afirma.

Buscando contribuir para a formação de jovens autônomos, que saibam fazer novas leituras de mundo, tomar decisões e intervir de forma positiva na sociedade, surgiu o Aprendiz Legal. Um programa de aprendizagem voltado para a preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho, que se apoia na Lei 10.097/2000, a Lei da Aprendizagem. A Lei determina que empresas de médio e grande porte contratem jovens de 14 a 24 anos, para capacitação profissional (prática e teórica), cumprindo cotas que variam de 5% a 15% do número de funcionários efetivos qualificados.

Com o foco no desenvolvimento social e humano, o Aprendiz Legal busca contribuir para a formação de jovens autônomos, capazes de intervir de forma positiva no seu trabalho, na sua vida e na sociedade. Essa proposta também prevê a inclusão de pessoas com deficiência, disponibilizando o material impresso em audiolivros e vídeos com inserção de LIBRAS.

A Identidade Jovem, ou simplesmente ID Jovem, é o documento que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual, conforme disposto no Decreto 8.537/2015. São milhões de brasileiros entre 15 e 29 anos que terão maior acesso aos direitos garantidos pelo Estatuto da Juventude – Lei nº 12.852/2013.

A ID Jovem é destinada às pessoas com idade entre 15 e 29 anos, pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, com informações atualizadas há pelo menos 24 meses.




Créditos: Bernardo Zamperetti/Imprensa PMCC


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO