conteúdo
Notícias
07/08/2017

Gestão da orla de Capão da Canoa passa a ser do município


Com a medida, haverá aumento de arrecadação e autonomia para agregar na requalificação da praia



Na última semana, a Prefeitura de Capão da Canoa passou a gerenciar a orla marítima do município. Ao aderir ao programa de transferência da administração de praias urbanas da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), as receitas que iriam para o Governo Federal ficam nos cofres públicos do município.

Com o poder direto de permitir e cobrar pelo uso da orla, o município terá mais autonomia para agregar a iniciativa privada na requalificação da praia de forma sustentável e gerar receita com a captação de eventos, na faixa de areia.

O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, analisa que, com a gestão da orla sendo feita pelo próprio município, poderão ser desenvolvidos diversos projetos visando o desenvolvimento da cidade. “A partir de agora, com a gerência da orla poderemos investir os valores que eram repassados ao SPU nas demandas do município”, observou o Prefeito.

Atualmente, o Governo Federal desenvolve Projeto Orla, que prevê a capacitação dos gestores municipais, com base na elaboração do Plano de Gestão Integrada da Orla para cada município. Suas ações buscam o ordenamento dos espaços litorâneos sob domínio da União, aproximando as políticas ambiental e patrimonial, com articulação entre as três esferas de governo e a sociedade civil organizada.

A gestão integrada da orla tem, entre suas diretrizes, a valorização de ações inovadoras voltadas ao uso sustentável dos recursos naturais e da ocupação dos espaços litorâneos.




Créditos: Bernardo Zamperetti/Imprensa PMCC


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO