conteúdo
Notícias
11/08/2017

Naninhas do Bem doam bonecos para crianças em tratamento e carentes


Projeto é destinado ao Instituto do Câncer Infantil, escola comunitária e hospital



Há um mês um grupo de 15 mulheres se reúne semanalmente na Casa de Cultura Érico Veríssimo para confeccionar bonecos artesanais. Eles são doados para o Instuto do Câncer Infantil de Porto Alegre, além de crianças doentes e carentes da comunidade.

A artista plástica Emeri Bolassél é quem coordena os trabalhos e faz a divisão das atividades entre as voluntárias. "Nós nos organizamos para comprar o material, cada uma paga uma parte e uma vez por semana temos o encontro para finalizar os bonecos", conta Emeri.

Os materiais empregados nos bonecos compreendem tecidos 100% algodão com estampas coloridas, linhas de costura, botões e fibra siliconada. Atualmente são as próprias voluntárias que bancam os custos, mas elas aceitam doações. Quem quiser ajudar pode procurar o Departamento de Cultura, localizado na Casa de Cultura Érico Veríssimo.

Emeri explica que as cores influenciam diretamente na cura das crianças. "Chama-se de cromoterapia essa técnica que trata as enfermidades através das cores, cada tom age sobre uma doença específica", afirma a artista plástica.

Cerca de 100 bonecos já foram produzidos desde o inicio do projeto. Metade será destinado ao Instituto do Câncer Infantil de Porto Alegre a outra parte irá para crianças internadas no Hospital Santa Luzia e crianças da Escola Comunitária de Educação Infantil Cantinho da Esperança Pessi, nas proximidades da Usina de Reciclagem de Capão da Canoa.

O projeto designado Naninhas do Bem é uma extensão do Naninhas de Luz, criado pela artesã paranaense Estela Junqueira. A iniciativa voluntária já contemplou mais de 500 hospitais, casas de apoio e clínicas que tratam crianças com câncer e outras doenças, em todo o Brasil e Portugal.




Créditos: Júlia Bozzetto/Imprensa PMCC


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO