conteúdo
Notícias
18/09/2017

Prefeito realiza reunião com Secretário Estadual de Obras, Saneamento e Habitação


Equipe diretiva da Corsan também participou do encontro



O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, realizou uma reunião com o Secretário de Obras, Saneamento e Habitação do Rio Grande do Sul, Fabiano Pereira. O encontro ocorreu na tarde de segunda-feira (18) no Gabinete do Prefeito. Em pauta, estiveram as demandas e projetos planejados para a região do litoral norte.

Também participaram o vice-prefeito Jairo Marques, o secretário de Meio Ambiente e Planejamento, Jorge Arbello, o superintendente da Corsan Litoral, Adalcir Rodrigues da Silva, bem como o diretor de Expansão da Corsan, Marcus Vinicius Caberlon e o diretor de Saneamento da Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação, Jean Bordin.

O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, afirma que o executivo está focado em fortalecer o município constantemente. “A parceria com o governo do estado é fundamental para desenvolvermos grandes projetos que possam colaborar no progresso de toda a nossa região”, diz.

Para o Secretário de Obras, Saneamento e Habitação do Rio Grande do Sul, Fabiano Pereira, o município de Capão da Canoa é referência na região e também em todo o estado, por ser uma cidade que recebe muitas pessoas ao longo do ano. “É nosso objetivo dar totais condições para que todos os gaúchos que venham para Capão tenham tranquilidade e conforto”, analisa.

Também foi feita uma visita a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Guarany e ETA 2. A obra conta com um investimento de R$ 23 milhões, via FGTS/Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e refere-se à implantação de dois dos quatro módulos que vão compor a Estação. Cada módulo terá capacidade de tratar 64 litros de esgoto por segundo, totalizando 128 litros de esgoto por segundo.

Além de todos os moradores do município, a população flutuante da região durante a temporada de verão também será beneficiada, impulsionando o desenvolvimento de Capão da Canoa e dos municípios vizinhos. A Corsan está investindo cerca de R$ 250 milhões em obras no litoral.
 




Créditos: Bernardo Zamperetti/Imprensa PMCC


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO