conteúdo
Notícias
15/05/2019

Programa RS Seguro é apresentado ao executivo de Capão da Canoa


O programa, elaborado pelo governo estadual, busca soluções sustentáveis no tempo para a melhoria contínua dos indicadores de criminalidade



O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, e o Secretário de Administração, Raphael Ayub, receberam representantes do Governo do Rio Grande do Sul para uma reunião. No encontro, que aconteceu na tarde de quarta-feira (15), foi apresentado o programa RS SEGURO, programa transversal e estruturante de segurança pública.

Com base em estudos sobre a criminalidade, reconhecendo que a violência é uma questão que vai além da segurança, representando também desafios sociais e econômicos, o Governo do Estado elaborou o RS Seguro com medidas estruturantes, orientadas pelo tripé de diretrizes de Integração, Inteligência e Investimento Qualificado.

De acordo com o Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, o programa apresenta planejamento de curto, médio e longo prazos. “Somos parceiros do governo estadual e, desde que criamos o GGI, estamos reduzindo os índices de criminalidade no município, com certeza o RS Seguro chega para somar nesse trabalho”, destaca.

Com a integração de diversas áreas do Governo do Estado, será executado em parceria com a União, Municípios, outros Poderes, iniciativa privada e sociedade civil. É um programa estruturante que buscará soluções sustentáveis no tempo para a melhoria contínua dos indicadores de criminalidade.

Gabinete de Gestão Integrada (GGI)

No dia 7 de junho de 2018, a Prefeitura de Capão da Canoa inaugurou, no Centro Administrativo, o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) com recursos próprios do município. Trata-se de um espaço que promove a articulação conjunta das diversas estratégias de prevenção à violência, reforçando as potencialidades na obtenção dos melhores resultados na redução da criminalidade.

180 câmeras monitoram toda a cidade, oferecendo mais segurança à população. Os pontos, dispostos também em Capão Novo, Arroio Teixeira e Curumim, foram elencados em conjunto com a Brigada Militar e Polícia Civil, que são forças atuantes no GGI. Há reconhecimento facial em pontos estratégicos e leitura de placas de veículos.




Créditos: Bernardo Zamperetti / Imprensa PMCC


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO