conteúdo
Notícias
09/07/2020

Prefeito participa de videoconferência com Governador para tratar sobre a pandemia


Representantes do litoral apresentaram plano de qualificação do sistema de saúde, bem como estudo que aponta população maior que a registrada pelo IBGE



Uma videoconferência entre o Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e representantes políticos do litoral norte aconteceu na tarde de terça-feira (07). O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, participou do encontro online. A principal pauta foi a pandemia e a classificação da bandeira vigente para a região.

Participaram do encontro a Secretária Estadual de Saúde, Arita Bergmann, o Secretário-chefe da Casa Civil, Otamar Vivian, o deputado federal Alceu Moreira, deputado estadual Gabriel Souza, presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte) e prefeito de Imbé, Pierre Emerim da Rosa, e o prefeito de Terra de Areia, Aluisio Teixeira.

Quanto à questão da bandeira, está pendente para decisão do Governador a postulação da Amlinorte quanto à estimativa populacional do Litoral Norte, a tese da sazonalidade. Os estudos da entidade apontam 716 mil pessoas ao invés de 397 mil conforme censo do IBGE de 2010. Caso seja reconhecida essa tese, os indicadores por 100 mil habitantes melhoram e a região se aproxima do retorno à bandeira laranja.

Em relação às UTI's, a região está próxima de conseguir mais cinco leitos para o Hospital de Tramandaí. O Governo Federal entrou com respiradores, Governo Estadual com o custeio e a Amlinorte, através dos municípios, com os recursos necessários à aquisição dos demais equipamentos para montagem do leito, tal como cama hospitalar, monitores, bombas de infusão e outros periféricos. Outros 10 leitos UTI's estão também sendo viabilizados para o Hospital em Osório. Todavia, esses dependem que o Governo Federal envie os respiradores, o Governo Estadual aditive o contrato de custeio e os municípios ainda colaborem para a efetivação dos leitos.

Conforme o Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, a região espera uma resposta positiva para as propostas e análises apresentadas. “Estamos cumprindo os protocolos sanitários atualmente definidos pelo Estado, bem como as medidas do decreto, e vamos seguir trabalhando para passarmos por isso o quanto antes”, diz.

 




Créditos: Bernardo Zamperetti


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO