conteúdo
Notícias
19/02/2016

Fiscalização intensificada


A equipe de fiscalização da prefeitura vem trabalhando incisivamente coibindo abusos de ambulantes



A equipe de fiscalização da prefeitura vem trabalhando incisivamente visando coibir abusos de ambulantes e o exercício da atividade por vendedores não cadastrados. No total foram realizadas, entre segunda-feira (15) e sexta-feira (19), em torno 20 apreensões de mercadorias, que vão desde óculos de sol sem procedência até roupas, toalhas, panos de prato redes e mantas.
A coordenação é dos funcionários do Departamento de Fiscalização de Capão da Canoa, ligado à Secretaria da Fazenda, que ficam de prontidão nas principais áreas comerciais da cidade. Em torno de 10 pessoas da equipe estiveram envolvidas no trabalho desta semana. Segundo o chefe do Departamento Luiz Cezar de Mattos as ações, a princípio, visam orientar os ambulantes, que estão sujeitos à multa e apreensão das mercadorias em caso de situação irregular.
As mercadorias apreendidas são encaminhadas ao depósito da prefeitura, permanecendo por 30 dias para serem retiradas pelos ambulantes.  Os óculos sem procedência serão destruídos, lembrando que a  recuperação do produto implica comprovação da propriedade e pagamento de multas, além das taxas de remoção e estadia, passando este prazo as mercadorias como mantas e roupas serão encaminhadas ao BEM-ESTAR SOCIAL.




Créditos: Thiago Machado
Fonte: Assessoria de Imprensa


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO