conteúdo
Notícias
27/09/2016

Usina de Asfalto a Quente é adquirida por Capão da Canoa


O que gerará 20 m de asfalto por hora.



Visando economia e maior produtividade o município de Capão da Canoa realizou a aquisição de uma Usina de Asfalto a Quente no último mês. Agora ao invés de comprar, o município produzirá seu próprio asfalto, podendo até vendê-lo para as cidades litorâneas vizinhas.

A Usina está instalada no Parque de Máquinas, sua capacidade é de 40 toneladas, aproximadamente 2,5 caminhões de 12 m³, o que gerará 20 m de asfalto por hora. Com a Usina a produção de asfalto será dobrada e os custos reduzidos em 50%.
Os materiais empregados na produção asfáltica são: brita uma polegada, pedrisco, pó e o ligante (cimento asfáltico de petróleo – CAP). Esses materiais são misturados e aquecidos a uma temperatura de 150ºC, formando o asfalto a quente. Sua secagem é rápida, cerca de duas horas.
A Usina de Asfalto será a primeira a gás do Litoral Norte. O gás utilizado será o Gás Liquefeito de Petróleo – GLP, o popular gás de cozinha. De acordo com o Secretario de Obras e Saneamento Luis Fernando Nunes, a Usina irá qualificar as pavimentações do município além de reduzir os custos de produção.

 

 

 




Créditos: Thiago Machado
Fonte: Assessoria de Imprensa


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO