conteúdo
Notícias
26/07/2022

Passagens do transporte público coletivo serão reajustadas a partir de 1º de agosto


Os valores serão alterados para qualificar os serviços e garantir o transporte no município



O município de Capão da Canoa terá o valor das passagens do transporte público coletivo reajustadas a partir de 1º de agosto. A linha Curumim e Novo Horizonte terá custo de R$ 4,00 e a linha Capão Novo/Capão da Canoa terá custo de R$ 4,50. A medida foi necessária para garantir o transporte no município e qualificar os serviços, além de levar em consideração o aumento do diesel, por exemplo.

De acordo com o Secretário de Segurança, Mobilidade e Tecnologia, Claudiomir Souza de Oliveira, há dois anos não eram realizados reajustes e as tarifas estavam defasadas. “Com a criação do Conselho Municipal de Segurança e Mobilidade nós trouxemos várias pautas para debate e o reajuste das passagens foi uma delas. Recebemos uma solicitação da empresa CS Turismo e com a nossa equipe avaliamos que era necessário reajuste, levando em consideração a qualificação do transporte público coletivo. Realizamos audiência pública na Câmara Municipal e com o aval de todos os envolvidos concretizamos esse trabalho”, explica.

A decisão foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Municipal de Segurança e Mobilidade representados na reunião pelos seguintes membros: Tiago Aguilar do Executivo Municipal, Lucas Ferreira Lima do IGP Capão da Canoa, Eliane Rossi da Câmara Municipal, Luciane Caon Bragaglia do Rotary Clube, Maria Miracy dos Santos Ribeiro do Lions Clube, Ten. Celso Silveira da Brigada Militar, Luciana Goularte da OAB, Ten. Alexandro Sebastiny da Polícia Rodoviária Estadual e 2º Sgt. Rodrigo Silva de Carvalho do Corpo de Bombeiros Militar.

O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, diz que a ação foi necessária e que o aumento de R$ 0,40 e R$ 0,60 avaliado e estudado. “Partimos sempre da premissa de qualificar os nossos serviços, visando dar dignidade e conforto para nossa população. Quem utiliza do transporte público coletivo no seu dia a dia sabe da importância de ter um ônibus em boas condições e que não coloque em risco a vida das pessoas. Cabe ressaltar ainda, que a medida foi necessária para garantir o transporte, pois a empresa não tinha condições de continuar os serviços sem o reajuste das passagens, ou seja, não conseguia mais cobrir os custos operacionais”, esclarece.




Créditos: Júlia Bozzetto


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO