conteúdo
Notícias
03/07/2020

Programa de recolhimento de equinos atinge a marca de mais de 200 animais retirados das ruas


Desde o início do programa, foram recolhidos 211 equinos soltos nas vias públicas



Com início em maio de 2017, o programa de recolhimento equinos, desenvolvido pela Prefeitura Municipal, através das Secretarias de Saúde, Meio Ambiente e Planejamento e Obras e Saneamento, tem como objetivo recolher os animais de grande porte das vias municipais.

Desde o início do programa, foram recolhidos 211 equinos soltos nas vias públicas e estrada do mar, perímetro Urbano, do município de Capão da Canoa e durante esse período diminuiu consideravelmente o número de cavalos soltos, não houve mais acidentes causados por estes animais, ocorreu uma diminuição significativa no atendimento de equinos machucados e abandonados e no número de óbitos desses animais.
 
Como funciona o programa
 
O animal recolhido é levado ao Centro de Controle de Zoonoses e Vetores – CCZV para uma avaliação, cadastro, microchipagem e posteriormente, encaminhado a uma área de guarda e confinamento, de responsabilidade da empresa que presta o serviço. Esses animais permanecem no prazo máximo de oito dias. Após esse período, caso não seja reavido pelo proprietário, o animal é destinado para doação, conforme previsto em lei.

O proprietário do animal apreendido será penalizado, de acordo com a legislação vigente, e pagará uma taxa de apreensão, mais taxas de exames de anemia infecciosa equina e Mormo. 

Orientações - No caso de abandono de algum cavalo ou situações de maus-tratos, as denúncias devem ser realizadas nos seguintes contatos:

Centro de Controle de Zoonoses (canil): (51) 36652545 – Segunda à sexta das 08:00 h às 12:00 h e 13:30 h  às 17:30 h

Patrulha Ambiental (PATRAM): (51) 985046899 – Aos Sábados, Domingos e Feriados

Polícia Rodoviária Estadual: (51) 36895944-198




Créditos: Tanise Silveira / Imprensa PMCC


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO